Doenças entéricas em suínos

Doenças entéricas em suínos

Problema pode ocorrer em todas as fases de vida do animal e é causa de prejuízos na produção

 

Muito frequente em fase de creche dos suínos – mas também ocorrendo no crescimento e na terminação – as doenças entéricas – causadas por bactérias como Escherichia coli, Salmonellas, Lawsonia intracellularis, Brachyspiras e outros agentes – são responsáveis por importantes prejuízos na produção. “Bastante comuns, principalmente no verão, as disenterias e diarreias são provocadas por multifatores relacionados ao ambiente e a questões sanitárias. A desidratação é severa, o animal perde muito líquido e nutrientes, e, consequentemente, desempenho. Em alguns casos, pode levá-lo a óbito”, explica o médico-veterinário Dalvan Veit, Gerente Técnico da Zoetis.

Por ser usual, a recomendação do especialista é de um tratamento estratégico posicionado justamente nas fases em que é identificada uma maior pressão de infecção desses agentes entéricos. Para isso, o medicamento composto pelos princípios ativos lincomicina e espectinomicina, que possuem atuação sinérgica e amplo espectro de ação frente a esses agentes entéricos, é colocado na ração. “Para esses casos, nossa orientação é o uso de Linco-Spectin 440, que combate os principais agentes causadores desses problemas nas granjas; não há qualquer restrição quanto a seu uso e ainda tem período de carência zero”, diz Veit.

Utilizado no controle e no tratamento de enfermidades entéricas nas fases de creche e terminação, Linco Spectin 440 é auxiliar no controle de pneumonia micoplásmica e pneumonia bacteriana. “Importante lembrar que o produto age tanto no controle quanto no tratamento terapêutico das enfermidades entéricas e ainda reforça o controle de desafios respiratórios”, enfatiza o médico-veterinário.

Sobre a Zoetis

Zoetis é uma companhia global líder em saúde animal, dedicada aos clientes e seus respectivos negócios. Com um legado de mais de 60 anos de história, a Zoetis descobre, desenvolve, fabrica e comercializa vacinas e medicamentos veterinários, complementados por linhas de produtos para diagnósticos, testes genéticos e diversos serviços. A Zoetis trabalha continuamente com veterinários, produtores e pessoas que criam e cuidam de animais de produção e de companhia em mais de 100 países, com mais de 10 mil funcionários. Em 2019, obteve faturamento de US﹩ 6,3 bilhões. Para outras informações, acesse https://www.zoetis.com.br.

 

Fonte: Zoetis